quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Associação do CAVERNATURE conquista doação de terreno para construção de sua sede própria

A Associação do CAVERNATURE conquistou através de projeto de Lei Municipal proposto pelo atual prefeito a possibilidade ter sua sede própria. O projeto de Lei Municipal aprovado no último dia 21 de outubro permite que o município de Jandaíra faça doação do terreno do antigo matadouro, localizado vizinho a oficina de Canindé Bolacha. 

A entidade por ser uma associação não tem fins lucrativos e já havia sido reconhecida como entidade de Utilidade Pública através de projeto de Lei de autoria do vereador Reginaldo Dantas e sancionada pelo atual prefeito Beto roque.

Foram 7 votos a favor pela doação do prédio com os votos dos vereadores: Reginaldo Dantas, Timba, Bambão, Wdagno, Tiago Aguiar, Raimundo Farias e Raimundo Batista; Votou contra a doação o Vereador Laercio Neves, se Absteve de votar o Vereador Wellington Fernandes.

Em nome do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, Integrado, Sustentável e Solidário (COMDRIS) parabenizamos a Associação pela conquista e esperamos recebermos futuros projetos da Associação para daros encaminhamentos.

Sobre o CAVERNATURE:

O Grupo Cavernature de Espeleologia é uma entidade sem fins lucrativos que visa à preservação do mundo espeleológico e todo o seu entorno. Criado em 16 de Junho de 2010 o grupo hoje é integrado a SEP – Sociedade Espeleológica Potiguar, atuando nos trabalhos de topografia, fotografia e entre outros trabalhos com o meio cavernícola, o grupo atinge hoje excelente posição quando se trata de preservação do meio-ambiente.

Os trabalhos são baseados em conceitos ambientais, objetivando a importância de preservar e proteger as cavernas das intolerâncias humanas. Assim, buscando associar o mundo cavernícola às pessoas que estão somente em contato com o meio urbano, o que se pretende estabelecer acima de tudo é o respeito ambiental por esses valiosos bens naturais.

Cavernature foi o nome dado as atividades à campo, visando tão somente os trabalhos realizados, quanto a sua preservação.

Conheça melhor a Associação CAVERNATURE

Fátima defende rejeição de medida provisória que reformula ensino médio


Por iniciativa da senadora Fátima Bezerra (PT-RN), parlamentares de oposição apresentaram, nesta quarta-feira (30), voto em separado pela rejeição da MP 746/2016, que reformula o ensino médio. Fátima, as deputadas Maria do Rosário e Luizianne Lins e a senadora Ângela Portela consideram que as mudanças nessa etapa de ensino propostas tanto pela MP como pelo texto do relator, deputado Pedro Chaves, só contribuirão para ampliar as disparidades regionais, a desigualdade entre ensino público e privado e a aprofundar ainda mais as dificuldades de acesso ao ensino superior. “As alterações propostas pela MP apontam para uma formação educacional cada vez mais rasa, afastando a possibilidade de formarmos cidadãos plenos, críticos e autônomos”, afirmou a senadora Fátima.

Uma das principais críticas à proposta diz respeito à redução da carga horária mínima, que hoje é estabelecida por lei em 800 horas por ano, ou de 2.400 horas durante os três anos do Ensino Médio, para apenas 60% desse total. Some-se a isso o fato de que a Medida Provisória prevê oferta de cinco áreas de conhecimento específico, que completariam o ensino, mas só obriga as escolas a oferecem pelo menos duas dessas áreas. Além do que retira da grade das matérias obrigatórias disciplinas importantíssimas para o desenvolvimento humano, como Sociologia e Filosofia.

“Ao estabelecer que apenas uma parte do Ensino Médio será comum a todos e que, após esse período, os alunos serão separados por opções formativas que nem sequer serão oferecidas pelas escolas em sua totalidade significa negar o amplo conhecimento à grande maioria dos estudantes”, destacou a senadora. O resultado desse ensino defasado é que os estudantes de grande parte das escolas públicas nem receberão conhecimentos gerais suficientes para disputarem vagas no ensino superior em igualdade com seus colegas das escolas particulares, nem terão acesso a uma especialização que os prepare para um mercado de trabalho qualificado. 

“Formaremos uma massa de mão de obra para o mercado de baixa remuneração; essas pessoas não passarão de auxiliares”, adiantou Fátima Bezerra. E completou: “Consideramos a diversificação curricular positiva, desde que se amplie a carga horária mínima, indo além da formação básica hoje oferecida, já tão defasada em relação à oferta do ensino privado”, destacou a senadora Fátima.

Outra crítica da oposição refere-se à possibilidade de contratação de profissionais chamados de “notório saber”, não exigindo graduação e nem formação pedagógica para a área que ensinarão. Fátima e as demais parlamentares que assinaram o voto em separado acreditam que deixar que pessoas sem formação exerçam o magistério implica na oferta de um ensino precário, com desvalorização da profissão de professor.
 
Fátima Bezerra alertou ainda para o fato de que não há recursos para oferecer a educação integral para a grande maioria dos estudantes brasileiros. Ela lembrou que a política de fomento para a jornada integral prevê repasses de recursos extras, em até 10 anos, em valores que só atenderão apenas 500 mil dos 8 milhões de alunos que o Ensino Médio abriga hoje. Isso significa um retrocesso em relação às metas do Plano Nacional de Educação, que prevê que até 2024 25% dos estudantes do Ensino Médio recebam educação integral. “Por sinal, o PNE prevê escolas que ofereçam formação humana integral e não simplesmente escolas de tempo integral”, enfatizou Fátima Bezerra.

sábado, 26 de novembro de 2016

Projeto da UFRN discute os impactos da PEC da morte em Jandaíra

Jovens integrantes do Projeto OASIS/UFRN discutiram nesta sexta feira, 25 de novembro em Jandaíra os impactos da "PEC da Morte". Denominada como PEC da morte a Proposta de Emenda a Constituição que tramita no senado federal como a PEC 55 limita os gastos públicos do governo federal.

Para os movimentos sociais e especialistas a PEC 55 que também tramitou e foi aprovada na Câmara dos Deputados com o nome PEC 241 deverá prejudicar os investimentos em áreas como saúde e educação, prejudicando assim, por exemplo, a implementação do Plano Nacional de Educação (PNE) e a existência na prática do Sistema Único de Saúde (SUS).

A oficina foi coordenada pela equipe central da incubadoura OASIS da UFRN, através de Bruno e Denys Daniel e aconteceu na Escola Estadual Professora Maria da Conceição Messias.






OPERADOR DA PROPINA DE SERRA PAGOU CAMPANHA E ADERIU À REPATRIAÇÃO


A delação premiada da Odebrecht, capitaneada pelo empreiteiro Marcelo Odebrecht, vai deixar o chanceler José Serra numa situação extremamente constrangedora e pode fazer com que ele seja o sétimo ministro demitido por Michel Temer; Serra é acusado de receber R$ 23 milhões clandestinamente na Suíça, por meio da conta do banqueiro Ronaldo Cezar Coelho; este, por sua vez, pagou várias de suas despesas na campanha presidencial de 2010, como o jato usado pelo candidato tucano; triangulação, que, segundo os delatores, tinha aval direto de Serra, revela o crime de lavagem de dinheiro; as acusações também colocarão em xeque a lei de repatriação de capitais, uma vez que Cezar Coelho aderiu a ela para se livrar de punições na esfera penal 
Depois de Geddel Vieira Lima, o chanceler José Serra, indicado pelo PSDB para o cargo, poderá ser o sétimo ministro demitido por corrupção no governo Michel Temer.
O motivo: ele é um dos principais alvos da delação premiada da Odebrecht, numa trama que revela sua participação direta no crime de lavagem de dinheiro.
Os detalhes estão numa reportagem de Renato Onofre, na revista Veja, que aprofunda o que realmente aconteceu com as doações de R$ 23 milhões feitas pela Odebrecht, por meio de seu departamento de propinas, ao candidato do PSDB à presidência da República, em 2010.
Segundo o delator Pedro Novis, Serra pediu que a Odebrecht fizesse doações clandestinas à sua campanha por meio da conta do banqueiro Ronaldo Cezar Coelho, dono do Multiplic, na Suíça.
Cezar Coelho, por sua vez, pagou várias das despesas da campanha de Serra, como o aluguel do jato usado em suas viagens, no Brasil, sem que a doação da Odebrecht aparecesse.
Serra, portanto, será atingido não apenas pela acusação de caixa dois – que o governo Temer pretendia anistia – como também de lavagem de dinheiro e, talvez, formação de quadrilha e organização criminosa.
A denúncia também coloca em xeque a licitude da lei de repatriação de capitais, uma vez que Cezar Ceolho foi um dos primeiros a aderir a ela para se livrar de punições na esfera penal.
Serra e Cezar Coelho não comentaram a denúncia. Recentemente, o chanceler disse que temia que uma eventual fuga do ex-presidente Lula poderia prejudicar a imagem do Brasil.
Nas próximas semanas, será ele, Serra, o denunciado.
Como registro final, Serra foi também um dos grandes articuladores do golpe parlamentar de 2016, que afastou uma presidente honesta, Dilma Rousseff, para tentar salvar políticos corruptos (leia mais em "O Brasil deve um pedido de desculpas a Dilma").

Brasil 247

O episódio de Geddel

Acabamos de sair de um processo de impeachment que retirou do Cargo a Presidente Dilma, eleita legitimamente, sem crime de responsabilidade,  não sendo observado a Constituição da República, através de um  Congresso notoriamente viciado, com um Presidente do Senado causando crises institucionais, e o ex-presidente Eduardo Cunha da Câmara Federal que conduziu o processo naquela Casa preso.

O meio político não corresponde às aspirações da sociedade brasileira, de encontrar um projeto nacional, de efetuar as reformas necessárias, a não ser para contentar os setores rentistas, mutilando os avanços sociais, não conseguindo sair da crise política e financeira, com um governo sem legitimidade, de um Vice-Presidente, agora Presidente que articulou intensamente queda da Presidente Dilma.

Um governo que volta e meia, por denúncias, perde os Ministros, envolvidos em mal feitos, sendo que o episódio  de Geddel Vieira Lima, Baiano e cacaucultor, pressionando o Ministro da Cultura, Calero, já exonerado, para intervir junto ao Presidente do IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, para acabar qualquer embargo a obra de construção de espigão habitacional de luxo na área de preservação histórica de Salvador, a nossa primeira capital no período da colônia.  

A pressão do Ministro Geddel era para o interesse particular, beneficiar a se e aos seus familiares que adquiriram os apartamentos, com vista para a Baia de todos os santos, em detrimento do interesse público e nacional, uma vez que, Salvador, uma cidade histórica, com sua beleza própria, precisa ser conservada pela cultura do Brasil, em razão de que o prédio residencial desfiguraria todo o paisagístico.

O pior foi o Presidente Temer, aceitar as pressões de Geddel, não ter a medida da razoabilidade, quis ele extinguir o Ministério da Cultura, que contou com a revolta do mundo artístico, voltando atrás, teve inclusive, dificuldade para conseguir um titular para pasta, mostrando que está completamente despreparado para o cargo da mais alta envergadura da República.

E o Aécio Neves logo saiu ao socorro de Temer e Geddel, dizendo que o Calero deve ser investigado, tentando intimidar e mudar o eixo de uma possível investigação, estampando assim, quanto o meio político está descolado da opinião pública brasileira que vem avançando e mostrando capacidade de mobilização, independente de uma mídia comprometida com os setores rentistas.

O Brasil precisa mudar, de reformas, algumas profundas, uma delas a política, podendo ser através de uma Assembleia Constituinte específica como a Coalizão de Entidades propôs com o plebiscito realizado e encaminhado aos representantes dos Poderes Constituídos, pois, o que é inaceitável consiste neste episódio de Geddel, que a sociedade brasileira não aceita mais, gravado por Calero o Ministro exonerado.

Evandro Borges.
Advogado.

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Atenção criadores a declaração da campanha de vacinação da febre aftosa está sendo realizada no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jandaíra



Atenção criadores de bovinos, a declaração da campanha de vacinação contra a febre aftosa está sendo realizada no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jandaíra no horário normal de expediente, das 7:30 as 13 horas. Os criadores deverão compra a vacina nos pontos de vendas até dia 30 deste mês e poderá declará até dia 15 de dezembro.

Alertamos que a compra é de responsabilidade do criador e que nesta etapa não está havendo doação da Prefeitura Municipal. O criador que deixar de realizar a vacinação e posterior a declaração estará sujeito a multa por parte do IDIARN.

Não existe ponto de venda em Jandaíra, neste caso os criadores deverão procurarem como ponto de venda mais próximo em João Câmara.

domingo, 20 de novembro de 2016

Fátima visita mobilizações em IFs de João Câmara e Macau


A convite dos estudantes, a senadora Fátima Bezerra visitou os campi do IFRN de João Câmara e Macau nesta sexta-feira (18). A senadora falou sobre o cenário político brasileiro e retrocessos nos direitos sociais promovidos pelo governo Temer. Também participaram dos encontros servidores, professores e gestores das unidades educacionais. 



O IFRN Macau está ocupado por alunos há 24 dias contra a reforma autoritária do ensino médio (MP746), PEC 55 e projeto Escola Sem Partido, também chamado de Lei da Mordaça.

"O Brasil tem que agradecer aos estudantes. Mobilizados com seriedade. Eles estão abraçando uma das causas mais nobres para o desenvolvimento de uma nação: a educação", declarou Fátima.

Visita no IF de João Câmara











quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Senadora Fátima Bezerra irá debater a PEC 55 nos campus dos IFs de João Câmara e Macau


A senadora Fátima Bezerra debaterá sobre a PEC 55 nos campus dos IFs de João Câmara e Macau. A agenda acontecerá no dia 18, sexta feira, em João Câmara as 15 horas e em Macau as 17 horas.

A PEC 55 tramita atualmente no senado federal, mas já tramitou na Câmara conhecidamente como PEC 241 ou "PEC DA MORTE". A Proposta de Emenda a Constituição (PEC) proposta pelo Governo Temer pretende limitar os investimentos públicos do governo, dentre as áreas podemos citar saúde e educação.

Comunicação digital: boas práticas de relacionamento com blogueiros.


Os blogueiros influenciam leitores de diferentes idades, classes sociais e interesses. Como exemplo, podemos citar o blog de moda e comportamento Garotas Estúpidas, que possui uma média de 6 milhões de pageviews/mês e está em quinto lugar no ranking dos 99 blogs de moda mais influentes do mundo. Com estes números, sem dúvida, é um canal relevante e com bastante penetração neste público.

Blogs com este desempenho chamaram a atenção de muitas empresas e passaram a ser considerados com carinho nas estratégias de divulgação e de relacionamento. E com isso, a dúvida: como devemos iniciar um relacionamento com esses novos formadores de opinião?

Para início de conversa, tenha em mente que, apesar de serem influenciadores, nem sempre o tema e leitores do blog estão relacionados à sua empresa e público-alvo. Faça essa análise antes de incluir ‘Relacionamento com Blogueiros’ em seu plano de comunicação.

No entanto, não descarte os blogs. Eles podem não fazer parte da sua estratégia de comunicação digital atual, mas devem ser considerados. Por isso, comece com um contato inicial com alguns blogueiros, para se apresentar. Lembre-se que você está construindo um relacionamento.

Ao procurar um blogueiro, considere que nenhum blog é igual. Antes de entrar em contato com o autor, estude o perfil do canal, acompanhe as atualizações e pesquise um pouco sobre ele. Veja se ele costuma comparecer a eventos, testar produtos, com qual frequência atualiza o blog, o twitter e demais redes. Mande um e-mail se apresentando, não mande releases ou mensagens genéricas sem um contato inicial e pessoal. Caso sua empresa ofereça produtos, pergunte antes se o blogueiro aceita receber artigos para teste ou, se oferece algum serviço, pergunte se gostaria de ir a um evento. É importante não criar a expectativa de que o contato resultará em algum conteúdo publicado. O blogueiro é o proprietário daquele espaço e ele publica o que quer.

Construa o relacionamento de forma natural. Não force a barra com o blogueiro. A RMA Comunicação, por exemplo, desenvolveu uma campanha para um dos seus clientes, a Marítima Seguros, chamada ‘Loja de Sentimentos’. A ação incentivava as pessoas a expressarem afeto de forma bem humorada ao distribuir gratuitamente potes de balas contra males como: trânsito, domingo chuvoso, metrô lotado, saudades, entre outros. Atenta ao blog Garotas Estúpidas, uma das executivas de comunicação digital viu uma oportunidade e alertou a equipe.

A autora Camila Coutinho havia perdido seu cartão de memória em um evento de moda. Rapidamente, uma carta escrita a mão foi enviada com o pote “Sai Zica”. Como resultado, o ‘mimo’ foi mostrado em um vídeo em que a blogueira comenta todos os brindes e presentes que recebeu na semana. Em 10 dias, o vídeo somou mais de 53 mil visualizações. Em uma ação simples e sem muito custo, a equipe de digital da agência e o cliente construíram relacionamento com uma das blogueiras mais influentes do Brasil.

Não se esqueça: trate o blogueiro como um profissional. Afinal, ele dedica parte ou todo o seu tempo na atualização do blog.


Blog do Eurípedes Dias

Renato Lima juntou provas e ajuizaria ação por compra de voto em Goianinha.




Por Dinarte Assunção

O candidato a prefeito de Goianinha que foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (16), Renato Lima, ajuizaria na sexta-feira ação na Justiça Eleitoral em que contestariao resultado das eleições no município denunciando compra de votos, com abuso de poder político e econômico, informou o advogado Daniel Maia.

“Ainda estou perplexo com o que aconteceu. Iriamos entrar com ação de investigação judicial eleitoral contra o prefeito eleito. Ele viria hoje ao escritório para terminarmos alguns detalhes, iria para Brasília e, na sexta, iríamos entrar com a ação na Justiça”, declarou Daniel

Segundo apurou a reportagem com duas fontes próximas ao candidato, mas que preferem não se identificar por temerem represálias, ele confeccionou uma peça que elencava uma série de irregularidades na campanha. Tais pessoas não descartam motivação política na morte de Renato. O advogado Daniel Maia, único que falou abertamente com a reportagem ainda comentou:

“Ele reuniu provas sobre a distribuição de tijolo, sacos de cimento, distribuição de cestas básicas em período eleitoral, o que configurava abuso de poder econômico e político. Além disso, iríamos arrolar testemunhas para depor no processo”, comentou

Renato foi encontrado na manhã desta quarta dentro de seu carro com uma marca de tiro no ouvido direito. A polícia não descarta nenhuma hipótese, inclusive suicídio. Na segunda, Renato postou a celebração do aniversário de seu filho de cinco anos.

“No último mês, me encontrei com Renato umas 15 vezes. Ele não deu nenhuma inclinação suicida. Cara altamente tranquilo, nenhuma inclinação suicida. família, gente boa, mesmo motrando irregularidade, sequer alterava a voz. Não sou irresponsável´para fazer aqui alguma acusação, mas em relação a suicídio é hipótese em que não acredito”, afirmou o advogado

Na última eleição, Renato, que disputou pelo Democratas, obteve 8.020 ou 48,43% dos votos válidos. Berg Lisboa (PSD) foi eleito prefeito com 8.540 votos.

Nem o Democratas, nem o grupo da situação que venceu a eleição em Goianinha ainda se manifestaram.

Portal No Ar